Principal
Advogados
Artistas / Autores
Associações
Auto-Escolas
Beleza / Saúde
Condomínios
Contabilidade
Creches
Diversão / Esportes
Design de Interiores
Identificação
Locação de Veículos
Máquinas de Costura
Marmores / Granitos
Médicos
Portais Diversos
Prefeituras
Produtos Naturais
Toners / Cartuchos
Segurança
Serviços de Internet
Sondagem de Solo
Treinamentos
  
  
  
 
Últimas Notícias
 
12/11/2014
Notícias
Conheça 5 fatores que causam estresse e saiba como combatê-los
Você sabia que o stress, diferente do que muitos pensam, não é uma doença e sim uma resposta fisiológica, psicológica e comportamental que surge quando enfrentamos perigos, obstáculos e desafios?

Após o enfrentamento de momentos ou fases de desgaste, caso não haja um estado de relaxamento, o stress pode se tornar crônico, trazendo serias e negativas consequências, capazes de afetar a qualidade de vida de qualquer pessoa.

Um estudo realizado pela Internacional Stress Management Association (ISMA-BR), revela um dado alarmante: mais de 70% da população brasileira, economicamente ativa, sofre desse mal, sendo o trabalho o principal motivo pelo seu desencadeamento. Os brasileiros perdem apenas para os profissionais japoneses que, no ranking geral, apresentam um nível de stress altamente elevado.

Embora tenha sido identificado que o grande vilão do stress é a pesada jornada de trabalho, existem 5 grandes categorias de estressores (estímulos internos e externos que causam o stress) com os quais precisamos ficar atentos, pois, por si só, já causam um esgotamento físico e mental e juntos podem ocasionar um estrago ainda maior, tanto na vida pessoal e profissional. Conheça esses estressores:

Biológicos – Reações do organismo à interação com o meio ambiente. Exemplos: desequilíbrios hormonais, sedentarismo e esforço físico acima da capacidade de cada indivíduo.

Psicológicos – Conflitos internos mal resolvidos, mecanismos de defesa mal ajustado, baixa autoestima, frustações, entre outros.

Socioculturais – Ocorrem quando as exigências externas entram em conflito com nossas crenças e valores. Exemplos: pressão para exibir determinados comportamentos e seguir ordens ou regras com as quais o individuo não concorda.

Ambientais – Ocasionados de acordo com o próprio ambiente da pessoa. Exemplos: poluição, ruídos, transito, superlotação, mas condições de trabalho, entre outros elementos percebidos como agressivos, desagradáveis ou mesmo nocivos.

Eventuais – Ocasionado por um evento traumático, como uma demissão, uma separação, a perda de um ente querido, mas também podem ocorrer por eventos positivos, como casamentos, nascimento de filhos ou outros fatores que implicam mudanças.

Responda as perguntas abaixo e verifique o seu nível de stress:

• Seu funcionário atrasou a entrega de um projeto. Como você reage?
• Sua internet caiu e você perdeu um dia inteiro de trabalho. Quais são as emoções frente a essa situação?
• Diante de uma fila de mais de 40 minutos no banco, qual a sua reação?

Agora, releia suas respostas e reflita sobre as emoções que surgiram quando você se projetou nas cenas apresentadas. Se você não perdeu o controle emocional, parabéns, mesmo com todos os fatores apresentados anteriormente, você ainda mantem o equilíbrio para seguir em frente sem permitir que esses elementos interfiram em suas ações. Porém, se você se exaltou ao responder as perguntas acima, significa que o seu nível de stress pode ser alto e sua impaciência pode prejudicar sua vida pessoal, familiar, profissional e financeira.

Tente perceber o seu nível de esgotamento e as pessoas à sua volta como os colegas de profissão e amigos pessoais. Fique atento e note seu comportamento e conduta diante de pequenos fatores cotidianos.

Você pode utilizar as ferramentas e técnicas de coaching para evitar a progressão do stress, bem como desenvolver ações para ampliar seu bem-estar, suas realizações e satisfações.
Fonte: Administradores
     
« Voltar
 
Desenvolvido por:
Portal Big Belém - Aqui estão os melhores de Belém!
Rua Arcipreste Manoel Teodoro, 428 - CEP: 66015-240
Batista Campos - Belém/PA
Fone: (91) 3263-0989
Sistema Antistress: